Home / Manchetes / Escorpiões amarelos são encontrados em residência de Terra Boa

Escorpiões amarelos são encontrados em residência de Terra Boa

A Vigilância Sanitária de Terra Boa encontrou dois escorpiões da espécie Tityus serrulatus, conhecida como escorpião amarelo e considerada uma das mais perigosas, em uma casa no município. Segundo a prefeitura, uma equipe já está fazendo uma varredura estratégica na região, já que é provável que existam mais escorpiões na região. Os escorpiões foram encontrados na região do Jardim Vale Verde.

Os escorpiões foram localizados dentro de um cesto de roupas. Os dois foram localizados na mesma residência.

Esses animais não precisam de um macho para a fecundação. A fêmea consegue se reproduzir sozinha e por isso a equipe desconfia que existam mais. De acordo com a vigilância, os escorpiões têm hábitos noturnos, por isso é essencial que as pessoas inspecionem a cama, os lençóis e o travesseiro antes de se deitarem.

“Verifique as roupas e sapatos antes de vesti-los, pois os escorpiões têm o hábito de ficar escondidos nesses ambientes de pouca luz”, informou Sidival Calderan, técnico da Vigilância Sanitária.

A Vigilância Sanitária ainda recomenda fechar as soleiras das portas, manter os ralos vedados e cuidar das frestas nas paredes. Além disso, é indicado que os moradores mantenham seus terrenos limpos, livres de entulhos e fechem bem os locais de armazenagem de lixo.

A picada de escorpião faz com que a pessoa sinta uma dor intensa e imediata no local, que é acompanhada por vermelhidão, muitas vezes sem evolução. A maior preocupação está em acidentes com as crianças e idosos, que é quando os sintomas podem evoluir.

A Secretaria de Saúde alerta para que, em casos de picada, as pessoas procurem o Pronto Atendimento imediatamente.

Caso encontre algum escorpião amarelo, ligue para a vigilância sanitária de Terra Boa no número 3641-8000.

About Elton Lemos

Check Also

Engenheiros da Petrobrás pedem mudanças na política de preços dos combustíveis

A Associação dos Engenheiros da Petrobrás (Aepet) publicou nota em defesa de mudanças na atual …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *