Home / O Mundo Online! / Esportes / Depois de 145 anos e nunca ter sido rebaixado, Gainsborough Trinity cai na Inglaterra

Depois de 145 anos e nunca ter sido rebaixado, Gainsborough Trinity cai na Inglaterra

Um clube de 145 anos já chama a atenção para nós, brasileiros, porque é mais velho que qualquer clube brasileiro. Na Inglaterra, clubes centenários são relativamente comuns, já que já se tornou o primeiro lugar a organizar o esporte na segunda metade do século XIX. Neste sábado, o Gainsborough Trinity foi rebaixado pela primeira vez em seus 145 anos de história. Foi na National League North, equivalente à sétima divisão. Antes, o clube só mudou de divisões por reorganizações do futebol local. Nem tinha conseguido acesso, nem tinha sido rebaixado.

O Gainsborough Trinity foi fundado em 1873 e é um time chamado de “non-league” pelos ingleses, expressão usada para designar os times abaixo da quarta divisão (Premier League, Championship, League One e League Two, as quatro primeiras divisões e chamadas de “league” por isso). Na fundação, o time era chamado de Trinity Recreationists e se uniu à Football League em 1896 como membros da segunda divisão, formada em 1892.

Em 1902, o time ficou em último lugar, mas foi reeleito e continuou jogando a Football League. Teve o seu melhor desempenho em 1905, quando foi quinto lugar. O time passou duas décadas como um clube da Football League (entidade que até hoje cuida da segunda, terceira e quarta divisão), mas acabou não sendo reeleito para continuar na entidade depois de ficar em último na segunda divisão de 1912. Na época, eram apenas duas divisões no futebol do país.

O episódio foi mais fora de campo que em campo, já que não havia previsão de rebaixamento na época, por ser justamente a última divisão. Acabou não sendo reeleito para continuar na Football League, até hoje uma entidade que organiza campeonatos de times profissionais. Portanto, o time não foi rebaixado em campo nenhuma vez. Fora da Football League, o time foi jogar a Midland League. O time tentou três vezes voltar a fazer parte da Football League, especialmente quando foi criada a Third Division, a terceira divisão, em 1921.

O time foi fundador da Northern Premier League, em 1968. Novamente tentou voltar à Football League se inscrevendo em 1975 e 1976, mas nas duas vezes teve a inscrição recusada. Em 2004, em nova reformulação do futebol inglês, se tornou membro fundador da Conference North em 2004. Chegou aos playoffs para a promoção em 2012, mas acabou perdendo.

Neste sábado, o Gainsborough Trinity defendia o recorde de nunca ter sido rebaixado diante do Telford, na National League North, sétimo nível da pirâmide do futebol inglês. Mal na tabela, o time brigava desesperadamente para não cair. Contra o Telford United, um concorrente direto, o time precisava ganhar. Se vencesse, chegaria a 47 pontos, igualando os rivais em pontos.

Tudo começou bem quando o time abriu 2 a 0, mas acabaram sofrendo três gols em 15 minutos e, assim, perderam o jogo. Os rivais foram a 50 pontos e o Gainsborough ficou com 43. O primeiro time fora da zona do rebaixamento é o Southport, com 47 pontos e um jogo a menos. Como só resta um jogo para o fim da liga, não há mais possibilidade de escapar do descenso. Está decretado, assim, o primeiro rebaixamento da história dos 145 anos do Gainsborough.

“Nós não fomos rebaixados em 145 anos”, afirmou o presidente Richard Kane à rádio BBC Lincolnshire. “Mas não fomos promovidos também. Espero que possamos voltar direto na próxima temporada e quebrar mais um recorde”. O presidente fez algo que é raro: garantiu o técnico Lee Sinnott no cargo na próxima temporada, mesmo rebaixado. “Lee Sinnott está definitivamente nos planos para a próxima temporada. Ele é muito experiente, ele não recebe uma fortuna e nós vimos a diferença desde que ele chegou. Ele não recebe uma fortuna e gosta do clube”.

Segundo o presidente do Gainsborough, uma das razões para o rebaixamento é que mesmo sendo um equivalente à sétima divisão, quase não há mais espaço para clubes que não sejam totalmente profissionais – ou seja, que tenham todos os jogadores dedicados integralmente ao futebol. Kane diz que cerca de metade dos clubes é completamente profissional.

“Nós temos que ser honestos, nas últimas duas ou três temporadas, nós estivemos batendo à porta [do rebaixamento]. Nós não poderíamos ter feito nada mais com os nossos recursos limitados. Agora essa é uma liga de muito dinheiro e é difícil competir”, continuou o presidente do Gainsborough.

“Há 10 times que são completamente profissionais, com um orçamento de mais de 20 mil libras por semana. Nós somos de uma cidade pequena, de um mercado pequeno, com uma população de menos de 20 mil jogando times como York, que tem uma população de 200 mil. Nós vivemos e morremos com o que nós temos. Outros times estão gastando mais do que recebem, mas isso é futebol”.

Com isso, o time irá jogar a Northern Premier League, um terceiro nível dentro da National League e uma espécie de oitava divisão. Na Inglaterra, até a quinta divisão os campeonatos são nacionais. A partir da sexta, se regionalizam e, a cada nível mais baixo, a regionalização é maior. O Gainsborough Trinity tentará manter a sua história de 145 anos nesta divisão e tentar subir imediatamente.

 

 

 

Fonte: Trivela

About Redação Correio Terraboense

Check Also

Spurs derrota Warriors, evita ‘varrida’ e segue vivo nos playoffs da NBA

Ainda sem o técnico Gregg Popovich no banco de reservas – ausente por causa da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *