Home / Copa do Mundo / Alisson valoriza R$ 160 mi e entra na Copa como aspirante a melhor do mundo

Alisson valoriza R$ 160 mi e entra na Copa como aspirante a melhor do mundo

Há um ano, Alisson figurava no banco da Roma e era enxergado com desconfiança por ser bancado na seleção por Dunga e posteriormente por Tite. Porém, atualmente, ninguém contesta o goleiro revelado pelo Internacional. Pelo contrário, o camisa 1 brasileiro chega à Copa do Mundo valorizado e podendo alcançar o status de “melhor do mundo” na posição.

A temporada na Roma credencia o gaúcho a iniciar o Mundial como um dos principais nomes da posição. Até quem concorre com Alisson reconhece o momento especial do brasileiro, que, ao lado do clube italiano, disputa a partir desta semana a semifinal da Liga dos Campeões da Uefa – a equipe encara o Liverpool, depois de eliminar de maneira surpreendente o Barcelona.

O alemão Ter Stergen, antes de sofrer a derrota por 3 a 0 no Estádio Olímpico de Roma que eliminou o Barça, já classificou Alisson como um dos “melhores do mundo”.

“Há muitos bons goleiros na atualidade, mas vejo De Gea, Neuer, Buffon, Alisson, Ederson à frente. Muitos goleiros podem fazer diferença e tornar as equipes melhores que estão. Não consigo dizer qual destes é o melhor. Estão todos no mesmo nível e cada um tem sua maneira de jogar”, declarou.

Elogioso a Alisson, Ter Stegen pode ser o titular pela Alemanha na Copa do Mundo. Manuel Neuer, grande figura do gol do país desde o título mundial há quatro anos, não atuou na temporada e possivelmente não estará na Rússia. O último jogo do atleta do Bayern de Munique ocorreu em setembro do ano passado.

Outro concorrente direto de Alisson é o italiano Gianluigi Buffon, atual detentor do troféu de melhor do mundo da posição e que não disputará o Mundial graças ao vexame da Azzurra nas eliminatórias europeias. O veterano, inclusive, também se mostrou fã do trabalho do ex-Internacional.

“Surpreso com [o sucesso de] Alisson? Não. Só está surpreso quem não conhece a posição de goleiro. Já estava de olho nele há dois ou três anos e me marcou pela tranquilidade como administra os jogos e por como faz parecer simples as defesas mais difíceis. Ele dá muita segurança à defesa”, afirmou Buffon à TV Mediaset em fevereiro deste ano.

Dentro da Copa e dos citados por Ter Stergen, apenas De Gea, com a Espanha, entra nas mesmas condições do goleiro da Roma para sair da Copa como o “melhor do mundo”. Ederson, embora campeão inglês com o Manchester City, ocupa a reserva na seleção brasileira. É Alisson quem iniciará o Mundial sob o comando de Tite; não há dúvidas enquanto à titularidade do atleta romano na comissão técnica.

Fora os elogios de adversários, a valorização de Alisson no mercado impressiona. Se a Roma gastou R$ 29 milhões para compra-lo do Internacional em 2016, quem quiser tirá-lo da Itália vai enfrentar um preço alto; além de, claro, a relutância da direção romana de vender o brasileiro depois do Mundial.

Segundo o site  Transfermarkt, especializado no mercado de transferências do futebol mundial, Alisson atualmente vale R$ 188 milhões. Em um espaço de dois anos, sendo que a titularidade veio apenas em 2017, o goleiro titular do Brasil valorizou quase R$ 160 milhões, preço que só aumentaria com o hexa e uma grande jornada nos gramados russos em junho/julho.

 

 

 

 

Fonte: UOL

About Redação Correio Terraboense

Check Also

Rússia responderá na Fifa por racismo a menos de dois meses da Copa

Caso aconteceu durante amistoso com a França, em São Petersburgo. A Rússia enfrentará um processo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *