Home / Tecnologia / Uber lança compartilhamento de bicicleta e aluguel de carros nos EUA

Uber lança compartilhamento de bicicleta e aluguel de carros nos EUA

O Uber fez um grande anúncio nesta quarta-feira, 11: a partir de agora, a empresa é uma plataforma multi-modal de transportes. Depois de comprar, nesta semana, a startup de compartilhamento de bicicletas Jump, a empresa anunciou que o serviço vai passar a se chamar Uber Bike e passará a estar disponível na capital americana, Washington D.C..

Até aqui, o serviço, que permite que qualquer pessoa alugue uma bicicleta via aplicativo, só funcionava em São Francisco. Além disso, a empresa anunciou novidades via parcerias nas áreas de aluguel de carros e transporte público.

A primeira é uma parceria com o aplicativo Getaround, conhecido nos Estados Unidos por ser uma plataforma para quem quer alugar seu carro para outras pessoas. A partir do final deste mês, o serviço estará disponível em São Francisco dentro do aplicativo do Uber, com o nome de Uber Rent.

 Por ele, qualquer pessoa poderá ver carros disponíveis para aluguel ao seu redor, com os preços, as especificações e a localização. Segundo Dara Khosrowshahi, presidente executivo do Uber, o programa será expandido nacionalmente assim que sua fase de testes se encerrar.

Transporte público. A outra parceria que o Uber anunciou é com a Masabi, uma empresa que cuida de bilhetes de transporte público em 30 cidades do mundo, incluindo Nova York, Los Angeles, Boston e Londres. A ideia aqui parece ser que os usuários do Uber possam comprar bilhetes diretamente no aplicativo da empresa e os utilizar no seu dia-a-dia.

“Não importa se você está usando transporte público para ir ao trabalho, usando uma bicicleta para uma reunião durante o dia, o Uber Pool para voltar para casa ou alugando um carro para viajar no final de semana”, disse Dara Khosrowshahi durante o evento, em Washington. “Queremos estar com você e fazer parcerias com cidades para levar nossas soluções adiante.”

A frase de Khosrowshahi não é à toa: sob sua liderança, o Uber parece entrar numa era em que pretende colaborar com os governos locais, em vez de brigar com eles. A empresa anunciou que pretende trabalhar com o Estado dividindo dados, anonimizados, sobre os trajetos de seus usuários.

Carros autônomos. Nesta quarta-feira, 11, Khosrowshahi também falou sobre carros autônomos – no mês passado, um veículo do Uber se envolveu em um acidente fatal com uma mulher no Arizona. O executivo se negou a dizer quando a empresa voltará a testar a tecnologia ou o que pode dá errado, mas disse que está cooperando com as investigações e lidando com o incidente “seriamente”.

No entanto, o executivo diz que a tecnologia ainda é uma grande aposta da empresa. “Acreditamos nos carros autônomos e eles são para nós a solução e a chave, no longo prazo, para eliminar a posse de carros. Em sua maturidade, eles serão mais seguros que carros normais”.

 

Fonte: Estadão

About Elton Lemos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *