Home / Agricultura / Receitas da C.Vale em 2017 chega a quase R$7 bilhões

Receitas da C.Vale em 2017 chega a quase R$7 bilhões

 

A C.Vale, com sede em Palotina e que tem uma unidade em Terra Boa ampliou suas receitas em 1,21% em 2017, totalizando R$ 6,9 bilhões. Apesar do crescimento modesto na comparação com os 24% do ano anterior, o presidente da cooperativa, Alfredo Lang, avalia que 2017 foi um ano de conquistas: “Recebemos o volume recorde de 4,1 milhões de toneladas de grãos e ampliamos em mais de 5% o número de associados, chegando a 19.795 cooperados. São indicativos que apenas empresas financeiramente sólidas e em expansão conseguem”.

Ao apresentar o desempenho da cooperativa aos associados, ele também citou como conquistas a ampliação da produção de frangos de 440 mil para 530 mil aves/dia e a inauguração do abatedouro de peixes com investimentos de R$ 110 milhões. Frango e peixe foram os segmentos que mais contribuíram com a abertura de novas vagas pela cooperativa no ano passado. No total, a C.Vale criou 1.290 novos postos de trabalho.

Lang revelou ainda que o principal investimento da C.Vale para 2018 será a construção de uma nova unidade para recebimento de grãos em Alto Piquiri, noroeste do Paraná. O início da construção de um hipermercado em Assis Chateaubriand, no fim do segundo semestre, é uma possibilidade ainda em análise pela direção da cooperativa.

Apesar de um ano mais “apertado” economicamente falando, os associados aprovaram a distribuição de R$ 30 milhões em sobras e juros sobre o capital social.

Recebimento de grãos

A C.Vale vai construir uma nova unidade para recebimento de grãos no Município de Alto Piquiri. A nova estrutura será capaz de receber com mais agilidade a produção de soja e milho do noroeste do Paraná. O investimento foi anunciado pelo presidente da C.Vale, Alfredo Lang, ainda em fevereiro pelo presidente da cooperativa.

Lang revelou que a cooperativa vai dar continuidade à implantação das propostas do Plano de Modernização da C.Vale, entre eles a aquisição de máquinas e equipamentos para aumentar a produção, produtividade, automação e a qualidade da industrialização de frangos e peixes.

Continuidade da implantação de melhorias nas unidades com o objetivo de agilizar a recepção, beneficiamento, secagem, armazenagem e a expedição dos produtos também estão nos planos, assim como a continuidade do arrendamento, aquisição ou construção de unidades de recebimento de produção, sementes e outros bens visando à melhoria dos resultados aos associados.

Continuidade do arrendamento, aquisição, construção ou ampliação de armazéns destinados a depósito e/ou comercialização de insumos, máquinas e implementos agrícolas, peças e acessórios e produtos veterinários, visando à melhoria do atendimento ao quadro social é um dos focos da C.Vale neste ano também.

Aumento da rede de supermercados por meio do arrendamento, aquisição ou construção de lojas e ampliação dos estabelecimentos já existentes.

Continuidade da revitalização do Plano de Modernização C.Vale a partir do Programa C.Mais.

Ampliação do processo de agroindustrialização da C.Vale com o arrendamento, aquisição ou construção de unidades de industrialização de suínos, soja, frango, milho, peixe, mandioca e outros produtos, visando atender a diversificação das atividades dos cooperados e melhorar os resultados aos associados.

Continuidade dos programas de qualidade e treinamento dos quadros social e funcional, objetivando a melhoria dos resultados e da qualidade de vida.

About Elton Lemos

Check Also

Cenário político e risco fiscal preocupam o sistema financeiro, mostra BC

Documento do BC mostrou ainda que o risco de liquidez continua apresentando pouca preocupação para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *